FAZENDO MISSÕES

Loading...

FILHO TAMBÉM É GENTE!!

Talvez você esteja estranhando que este artigo tenha o título sobre os filhos, bem na época da comemoração do dia dos pais. Na verdade tenho notado que quase nada é publicado sobre os filhos, a não serem admoestações para sua obediência e honra aos pais. Também não há um dia dos filhos, como não há um dia dos irmãos. Aliás, quase nada tenho visto sobre os irmãos em artigos e livros.

Na realidade vou escrever aos pais, como pai que sou de três lindos meninos. Digo meninos, mas já são moços, dois casados e um terceiro que mora fora do país e já se prepara para se casar também. Em minha experiência como pai (o filho mais velho tem 30 anos de idade) acabei aprendendo com a vida e com os meninos também, que muitas vezes nós pais projetamos filhas e filhos perfeitos, infalíveis, onipotentes e que possam aguentar qualquer situação. Enfim, filhos a prova de falhas e de sentimentos. Uma vez me peguei tratando os meninos como se fossem funcionários de minha equipe. Pai é pai e não líder de uma empresa.

Filho também é gente, tem sentimentos, sofre também. Por favor, pai, acredite nisso. Necessita de carinho. Contato epidérmico faz um bem que você nem imagina. Nós homens, machões e durões achamos que isso é coisa de “maricas”. Uma vez notei que uma mãe desesperada balançava o carrinho de seu bebê para acalmá-lo. Lembro-me que sugeri para aquela mãe pegar a criança no colo para que ela sentisse epidermicamente seu carinho e afeto. A criança prontamente adormeceu.

Claro que nós pais desejamos preparar nossos filhos e filhas para enfrentar a vida e acabamos sendo mais rígidos que as mães. Mas isso não pode dispensar a nossa atenção em observar como nossos filhos acordam de manhã, se estão com algum problema ou sentimento que os perturba. Não adianta pensar “isso passa”. Sem dúvida vai passar na maioria das vezes, mas pode deixar sequelas e cicatrizes. Já pensou se você como pai pode ajudar seus filhos e filhas a superar os dilemas da vida, se eles sabem que na hora que as coisas apertarem podem contar com você?

Como é gostoso receber o telefonema de um filho casado ou do que mora lá bem longe lhe pedindo conselhos. Como é bom ser pai-consultor dos filhos e depois receber um sensível “pai, obrigado, você me ajudou muito!”
Filho precisa ser preparado para a vida, mas também é gente, é ser humano, vai falhar, pois não é máquina e necessita de carinho e afeto. Necessita também de oração, quantas vezes de madrugada você tem ido à cama de seu filho e filha orar por eles? Fica aí o desafio querido colega pai.

Pr. Lourenço Stelio Rega
Teólogo, educador e escritor
Colaborador deste Portal
Extraído do OJB

Nenhum comentário:

Postar um comentário